R$42,76

3x de R$14,25 sem juros
Ver meios de pagamento
Descrição

Fita adesiva cirúrgica branca composta por com dorso de não tecido e poliéster, porosa, conformável, sem látex e adesivo hipoalergênico. Apresenta picotes transversais a cada 5 cm para facilitar o corte sem a necessidade de usar tesouras. Possui capa e carretel para facilitar o manuseio e proteger a fita contra sujidade.

A MediporeTM H BR tem elevada adesividade, que aumenta com o tempo na pele, porém sua remoção é suave, contribuindo para baixo comprometimento da integridade da pele, além de ser resistente à agua e umidade. Indicada para situações clínicas que apresentam edema, distensão ou movimento do tecido.

A fita é altamente flexível e adaptável a regiões anatômicas de difícil aderência (joelhos, cotovelos, calcanhares, dedos) e permite a fixação e sustentação de dispositivos sobre áreas da pele onde possa ocorrer inflamação, edema, formação de hematomas e movimento. O dorso macio e não tecido e poroso, que garante o funcionamento e a troca de vapor da pele, evitando a maceração e o comprometimento da integridade da pele.

MEDIPORE H BR Fácil de usar, não exige uso de tesoura, remoção de liner ou cobertura adesiva. É resistente a penetração de água e umidade. O adesivo de acrilato, não possui látex, é hipoalergênico. Apresenta alta adesão inicial em pele seca e moderada adesão inicial em pele úmida. Em pele seca a adesão aumenta com o passar do tempo. O desprendimento não programado da fita é muito baixo e o resíduo de adesivo após a remoção é mínimo. Os benefícios são diversos: segurança, conforto, estética, eficiência, versatilidade, conveniência, satisfação, confiabilidade, economia de tempo, redução de custos, maior produtividade, qualidade de assistência a saúde.

 

                                     INDICAÇÕES DE USO

 

· Medipore H BR é indicado quando necessita-se de maior força adesiva na aplicação clínica, porém mantendo a remoção suave em relação as fitas acrilicas convencionais;

· Fixação de curativos secundários em feridas crônicas, lacerações, etc;

 · Fixação de curativos cirúrgicos em áreas onde se prevê edema, distenção, formação de hematomas ou movimentos tais como: cirurgias abdominais (cesariana, resecção do intestino), cirurgias ortopédicas (artroplastia total do quadril, reconstrução do ombro), cirurgias toráxicas (estereotomias). Recomendações gerais para a aplicação das fitas cirúrgicas:

 · Aplique a fita sobre a pele limpa e seca;

 · Aplique a fita sem tensionar e alise toda a superfície do suporte com pressão firme para melhorar a aderência;

· Aplique a fita evitando tocar no adesivo para não reduzir a aderência; A fita deve se estender pelo menos 2 cm além do limite do curativo. Recomendações gerais para a remoção das fitas cirúrgicas:

· Inicie a remoção com um pequeno pedaço de fita aplicado em uma das pontas da fita fixada;

· Remova a fita dobrada sobre si mesma de forma lenta e no mesmo sentido do crescimento dos pêlos, sustentando a pele no ponto de remoção para evitar traumatismo no local;

· A remoção pode ser facilitada utilizando-se um removedor de adesivo de uso médico.

 · Não utilizar benjoim, éter, benzina, álcool ou outros solventes para remoção da fita. Se necessário, utilize vaselina PRECAUÇÕES As fitas cirúrgicas são produtos limpos, mas não esterilizados. Portanto, não devem ser aplicadas diretamente sobre locais que requerem esterilidade, como leito feridas e locais de punção intravenosa Em caso de processo alérgico, descontinuar o uso do produto